Isca!

Convocatórias

Por um 24-J aberto, plural e integrador

Mais um ano, e já som cinco, a mocidade independentista galega saímos às ruas de Compostela para reclamarmos a independência nacional e a construçom da República da Galiza como única saída a este sistema que nos condena à precariedade como forma de vida. As moças continuamos a organizar-nos e mobilizar-nos, mais alá dos projectos políticos nos que participamos, para somarmos as vozes das estudantes, trabalhadoras precárias, no desemprego ou emigradas nesta data de reivindicaçom do 24 de julho.

Cada ano somam-se problemáticas à vida das jovens galegas, já seja no terreno laboral, académico ou mesmo pessoal, acrescentando a importância de nos unir para, em coletividade, afrontarmos o presente e procurar alternativas para melhorarmos as nossas vidas. Acreditamos na independência nacional como ponto de partida necessário para saírmos desta situaçom. Por isso, pretendemos fazer desta umha data de encontro, solidariedade e reivindicaçom na que pormos no foco a realidade das que construiremos o futuro. É para nós umha data de máxima importância na que convocamos a V Marcha Juvenil pola Independência.

Esta proposta de convocatória nom estivo exenta de dificuldades, nomeadamente nas mesas de debate, já que a proposta dumha convocatória aberta e integradora, atopou com a oposiçom de quem encontrava na presença das suas siglas uma condiçom inegociável. Entendemos que o debate deve ser honesto e leal se queremos lograr a máxima unidade, polo que desde um primeiro momento figemos, com a mao tendida ao acordo, um chamado a recapacitar e superar as dinámicas negativas. Um chamado a construirmos conjuntamente um 24-J de rebeldia e insubmissom, deixando a um lado o protagonismo das siglas e dos projetos políticos. Umha mobilizaçom que conta com um cartaz inclusivo e um manifesto aberto a adesons de qualquer entidade com presença juvenil do país com um objetivo claro, somar juventude rebelde organizada ou nom a marchar pola independência.

Assim, esta iniciativa nasce da vontade de achegar o maior número de jovens a Compostela no 24 de julho, de nutrir o movimento independentista no nosso país e de criar espaços desde os que atingir as vitórias às que aspiramos. Entendendo esta vontade como o motivo que nos une, congratulamo-nos de poder afimar que a manifestaçom vai ter lugar e a sua convocatória, por 5º ano consecutivo, é um acerto colectivo. Por todo isto, chamamos a assistir à manifestaçom do 24 de julho às 20:00 horas na Alameda de Compostela.

A mocidade na ofensiva: independência!

.

Isca! – Briga.

Difunde!