Isca!

En destaque

Assemblees de Joves, uma nova realidade nos Països Catalans

ajupNo sábado 05 de março em Mataró teve lugar a apresentação das Assemblees de Joves per la Unitat Popular, rematando um processo que se inicia o 28 de dezembro de 2015, onde assembléias e grupos de jovens que compartilham ideologia e opiniões políticas comuns decidem criar esse espaço de coordenação. O que segue é uma pequena panorâmica que nos enviam sobre a sua realidade:

As Assembles de Joves per la Unitat Popular conformam um novo espaço de coordenação juvenil com a vontade de, através desta nova ferramenta que apoia e amplia o nosso trabalho local, inserirmo-nos no fio histórico da luita nacional que o povo catalão tem mantido como resistência ao opressor ao longo da nossa história e, ao mesmo tempo, irmo-nos adaptando aos novos tempos, tomarmos partido polo projeto de libertação nacional e social do nosso povo e de integrarmos nele as diversas luitas de raizame popular que vive o nosso país.

A tarefa que consideramos primordial neste novo espaço é darmos apoio às assembleias de jovens e reforçar o seu trabalho local para assim conscientizar a mocidade próxima com o objetivo de a mobilizar e a organizar para poderem construir alternativas sociais e políticas como ferramentas de transformação da sociedade. Portanto, o espaço de coordenação juvenil haverá de compreender todas aquelas assembleias e coletivos de jovens que assim o quigerem e que se declararem afins aos princípios expostos na nossa Declaração de Princípios.

Este projeto, logo de meses de trabalho, foi colhendo forma e vem de se materializar na apresentação realizada no passado sábado 5 de março em Mataró (Maresme). Cerca de setenta pessoas assistírom a uma jornada que reuniu um ato político, uma mesa redonda centrada no feminismo e um jantar de confraternização.

No ato político, representantes das assembleias de jovens, que formam o espaço de coordenação, explicárom o processo de criação deste, assim como os seus objetivos e propostas. A ênfase recaiu, sobretudo, no aspeto de reforço da praxe política que representa a coordenação nacional para as assembleias locais, com finalidade de poder contribuir de jeito real e efetivo à libertação nacional e de classe dos Països Catalans. O ato contou também com as intervenções de Eduald Calvo (alcaide de Argentona) e Adrià Gil (ativista estudantil). Dídac Espí, em nome da Assemblea de Joves de Gramenet de Besòs, parabenizou as Assemblees de Joves por este passo adiante e desejou-lhes muita sorte e acerto. A organização independentista e socialista galega Isca! –juntamente com outras– mostrárom o seu suporte ao nosso projeto desejando trabalharmos conjuntamente para contribuir à libertação das nações catalã e galega.

Assim pois, a mocidade das Assemblees de Joves per la Unitat Popular, junguimos os bois e encetamos a luita ativa e construtiva, dotando-nos das ferramentas necessárias para trabalharmos cara à transformação da sociedade e a libertação nacional dos Països Catalans, assim como apoiarmos com toda a nossa solidariedade internacionalista todas as nações oprimidas. Achamos necessário darmos resposta e estarmos à altura do contexto sociopolítico e desejamos firmemente ser uma peça útil para as diversas luitas populares do país.

Difunde!